Só a desfavelização poderá tirar nossa cidade das mãos dos bandidos

O Rio de Janeiro está vivendo uma verdadeira guerra. Ontem a noite, o vendedor ambulante Jefferson Silva Andrade, de 28 anos, morreu ao tentar salvar sua filha de apenas três anos de um tiroteio entre policiais e traficantes, na Cruzada São Sebastião, no Leblon. O conjunto habitacional que o governo deixou se favelizar poderia até vir a ser uma opção à desfavelização, mas as administrações passadas foram fracassadas e acabaram por deixar que bandidos se fixassem nan região.

 Segundo o Jornal O Globo, policiais civis foram ao local, na Rua Humberto de Campos, para checar a denúncia de que traficantes da Rocinha tinham invadido o conjunto. Mas, segundo o RJTV, da TV Globo, a polícia procurava ladrões que atuariam na Zona Sul. Houve intenso confronto. O camelô, que vendia doces em sua barraca, morreu ao ser atingido por balas perdidas no pescoço, no abdômen e na perna, ao tentar proteger a filha, Larieni Bernardo de Andrade, de 4 anos, ferida na perna direita. A menina passa bem.

Ainda segundo o jornal, o  tiroteio ocorreu por volta das 21h, a 50 metros do Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) do 23º BPM (Leblon) e a cem metros da 14ª DP. Segundo PMs que pediram para não ser identificados, os policiais civis não agiram com cautela. De acordo com moradores, havia dezenas de pessoas na rua quando o carro com os quatro agentes chegou ao conjunto. O delegado titular da 14ª DP, Alberto Pires Lage, disse que os policiais foram surpreendidos por bandidos armados por fuzis. Segundo ele, a informação era de que o conjunto seria invadido. O delegado disse que a Cruzada sempre foi um lugar problemático, mas agora a situação piorou bastante com os traficantes da Rocinha. De acordo com ele, qualquer operação no conjunto habitacional precisará de um efetivo muito maior e de mais planejamento, porque agora os bandidos estão bem armados.

Não é possível. Estamos vivendo uma barbárie. O Rio de Janeiro, o carioca não agüenta mais viver em meio a esta guerra entre policiais e traficantes nas favelas, o que faz com que nos tranformemos todos em reféns desta violência. Precisamos é de uma política de desfavelização séria para que possamos resgatar nossa cidade das mãos dos marginais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: