Favela não é ponto turístico

 

Mexendo em algumas gavetas, encontrei três cartões postais com imagens de favelas. Dois destes cartões eram retratos em preto e branco e o outro imitava uma tela pintada a óleo. Parece que favela virou ponto turístico e motiva a especulação de empresários. Porquê? Ser favelado é motivo de admiração de estrangeiros, que acham que podem fazer da falta de condições destes moradores uma espécie de safári para o seu divertimento? Que absurdo! Alguns sites hoteleiros chamam de turismo da realidade, mas eu prefiro chamar de desrespeito. Isso e arrumar o famoso “jeitinho brasileiro” para ganhar vantagens em cima de um problema. O que para muitos parece ser mais fácil que resolvê-los.

Por que não se faz o contrário? Vamos promover a desfavelização nas áreas turísticas. Vamos imaginar o que seria a Zona Sul, por exemplo, sem favelas. Com certeza isso atrairia mais turistas e movimentaria nossa economia. Os hotéis lotados, restaurantes cheios e a região mais segura.

É fato que o turista não pode mais caminhar tranqüilo na Praia de Copacabana. Crianças e adolescentes das favelas da região os abordam com freqüência:pedem dinheiro, praticam pequenos furtos ou até cometem assaltos a mão armada. Essas crianças não deviam estar atrás dos turistas e idosos da Zona Sul.  Não mereciam estar à mercê da ostentação do tráfico de drogas das favelas. Desfavelizar a Zona Sul é garantir dignidade à população, movimentar a economia e dar segurança aos moradores e turistas que visitam a cidade.

[Youtube=”http://www.youtube.com/watch?v=FlhtlW9lbQE&feature”%5D

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: